19 de outubro de 2017

Resenha: Os Segredos de Colin Bridgerton

Título: Os Segredos de Colin Bridgerton
Autora: Julia Quinn
Serie: O Duque e Eu
O Visconde que me Amava
Um Perfeito Cavalheiro
Os Segredos de Colin Bridgerton
Para Sir Phillip com Amor
O Conde Enfeitiçado
Um Beijo Inesquecível
A Caminho do Altar
E Viveram Felizes Para Sempre
Páginas: 304
Editora: Arqueiro
Sinopse: Há muitos anos Penélope Featherington frequenta a casa dos Bridgertons. E há anos alimenta uma paixão secreta por Colin, o irmão de sua melhor amiga e um dos solteiros mais encantadores e arredios de Londres.
Quando ele retorna de uma de suas longas viagens ao exterior, Penélope descobre seu maior segredo por acaso e chega à conclusão de que tudo o que pensava sobre seu objeto de desejo talvez não seja verdade. Ele, por sua vez, também tem uma surpresa: Penélope se transformou, de uma jovem sem graça ignorada por toda a alta sociedade, numa mulher dona de um senso de humor afiado e de uma beleza incomum. Ao depara tamanha mudança, Colin, que sempre a enxergava apenas como uma divertida companhia ocasional, começa a querer passar cada vez mais tempo a seu lado. Quando os dois trocam o primeiro beijo, ele não entende como nunca pode ver o que sempre esteve bem a sua frente.
No entanto, quando fica sabendo que ela guarda um segredo ainda maior que o seu, precisa decidir se Penélope é sua maior ameaça ou a sua promessa deum final feliz.


Resenha:

“É fácil achar que não nos importamos com a opinião dos outros quando elas nos são sempre favoráveis. Será que ele ignoraria com tanta facilidade o que os membros da sociedade achavam se eles o tratassem da maneira como tratavam Penelope?“

Há muito tempo que Penélope aceitou que se tornou uma solteirona, acostumada a não ser vista como beldade pela alta sociedade de Londres, ela já se sente conformada com a vida que leva, sendo uma boa filha, irmã e amiga. Portanto ela não se preocupa mais com a chegada do príncipe encantado, na verdade ela agora é apenas ela mesma, sem precisar se agarrar a todas as amaras da vida, mas sem perder o decoro imposto pela sociedade.
Colin sempre foi visto como o mais charmoso e bem humorado Bridgerton. Com 33 anos ele já conheceu boa parte do mundo através de suas viagens, mas mesmo assim sente que lhe falta algo. Com todos os irmãos mais velhos bem sucedidos em suas vidas, Colin sente como se sua vida não tivesse um rumo, ou até mesmo um futuro. Ele queria ter um objetivo, algo que o fizesse completo.
Quando Colin retorna da sua última viagem, Penélope acaba descobrindo seu maior segredo, e assim a amizade dos dois acaba ainda mais intima. E dessa amizade o mais charmoso irmão Bridgerton, descobre como Penélope mudou, e se transformou numa dama apaixonante, dona de um humor ácido e atraente, mesmo que ainda esteja fora dos padrões impostos pela sociedade de Londres. E ao se deparar com tamanha mudança, Colin não pode deixar de se apaixonar, ainda que isso não estivesse nos seus planos.

" Talvez aquilo fosse a definição de amor, afinal.Querer uma pessoa, precisar dela e a adorar até mesmo nos momentos de fúria, quando se tinha vontade de amarrá-la à cama só para que ela não saísse e causasse ainda mais problemas. "

Eu já me tornei suspeita a falar de Julia Quinn, porque pareço amar simplesmente todos os seus livros, e sinceramente acredito que seja impossível ler algo dessa mulher e não se apaixonar. Assim como nos outros livros, Julia aqui mantem a mesma escrita repleta de criatividade, emoção, humor e claro muita paixão. Os personagens são envolvente e apaixonantes na medida certa, e é surpreendente como tudo aqui acontece de forma rápida, objetiva, mas nem por isso deixando pontas soltas no decorrer da história.
Penélope é aquela personagem que a maioria das leitoras se identificam, apaixonada, inteligente, leal, humorada e cativante. Que mesmo sendo mantida de lado pela família e pela sociedade, ela tenta não se abalar e sempre está disposta a dar o melhor de si. E desde que ela apareceu no primeiro livro da série, eu já esperava muito dessa personagem, mas confesso que não estava preparada para o que a autora nos apresenta aqui. Penélope cresceu muito ao longo da série, ainda que aparecesse pouco nos outros livros, ela já vinha me conquistando aos poucos, e quando chegou nesse livro, ela ganhou meu coração de vez.
Colin é simplesmente apaixonante, ele conseguiu ganhar meu coração logo que apareceu no primeiro livro, repleto de bom humor e dotado de um charme fora do comum, ele se tornou simplesmente meu Bridgerton favorito.
Uma das coisas que mais gostei nesse livro é a forma natural como os personagens se envolvem, ainda que Penélope já seja apaixonada por Colin durante muitos anos, ele se descobre apaixonado por ela aos poucos, e a construção dessa paixão foi muito bem desenvolvida, através de diálogos bem humorados. Gostei também do fato do livro não ter aquela enrolação para que os dois ficassem juntos, na verdade foi bem prazeroso ver um livro que não tivesse aqueles autos e baixos do eterno joguinho de gato e rato.

“O seu amor não tinha sido como um raio caído do céu. Começara com um sorriso, com uma palavra, com um olhar zombeteiro. A cada segundo que passara na companhia dela, crescera até chegarem àquele momento, e de repente ele soube.
Ele a amava.”

E finalmente vamos descobrir quem é Lady Whistledown, a escritora da mais acida coluna de fofocas Londres, já que ela não faz a mínima questão de esconder o nome de ninguém quando escreve seus artigos. Por isso que recomendo a leitura dos livros na ordem, para evitar spoiler, ainda que pequenos.
Que todos os personagens são apaixonantes, disso nós já sabemos, mas o destaque desse livro vai com certeza para a Lady Danbury, que roubou a cena com todo seu humor ácido e sua bengala, pronta para ser usada contra qualquer pessoa a sua volta.
Enfim, Os Segredos de Colin Bridgerton é um livro maravilhoso, e logico que ele se tornou o meu favorito da série, Júlia Quinn conseguiu mais uma vez me fazer suspirar e dar infinitas risadas com um livro repleto de amor e encanto. E é claro que eu não posso deixar de recomendar essa maravilhosa leitura.

14 comentários:

  1. Eu já era apaixonada por Colin e Penélope e ansiava por suas histórias antes mesmo de saber que eles seriam o casal de um livro e quando soube fiquei encantada e cheia de expectativas e não tive outra opção se não favoritar também rsr. Penélope é mesmo aquela personagem super fácil de nos identificarmos e criarmos empatia e Colin é apaixonante. Senti falta de Lady Whistledown nos livros depois desse, mas acho que a solução do mistério sobre quem era ela foi perfeito. Amei a resenha, Lady Danbury, Penélope, Colin e tudo nesse livro <3

    ResponderExcluir
  2. Amando as resenhas dessa série; ainda não conheço a escrita da Julia, mas parece que ela escreve maravilhosamente bem.
    Das outras resenhas que li, essa história é a que menos me chamou atenção. Não sei... parece que falta algo a mais.
    É ótimo que não tem enrolação, e diálogos bem humorados entre os casais são sempre empolgantes.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ainda não terminei esse livro mas confesso que fiquei surpresa por saber quem é Lady Whistledown (por sinal, jamais imaginei que fosse quem é) e também me apaixonei por Lady Danbury, que é uma personagem cativante.
    Achei Penélope bastante ousada em algumas partes do livro e Colin bastante decidido.
    Espero terminar essa série logo, beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi Aline!
    Confesso que esse não foi o meu preferido da série :/ Achei o Colin um pouco machista com a Penelope em algumas cenas do livro. Tudo bem que é um romance de época, mas mesmo assim senti um vibe machista nele. Parece que autora quis "compensar" essas atitudes no fim do livro.
    Fiquei surpresa com a descoberta da Lady Whistledown e gostei de saber quem era. Adoro a Lady Danbury s2
    Meu Bridgerton favorito é o Anthony s2

    ResponderExcluir
  5. Oi Aline
    Então, eu li os três primeiros livros da série, e amei, só não li o restante porque não tive acesso ao resto da coleção. Nossa, estou muito curiosa para saber quem é a Lady Whistledown, li um spoiler, mas quero ler para confirmar.
    Também amo todos os que li até hoje da Julia Quinn, é como você disse, é uma mistura de romance, humor, entre outras coisas. Não posso dizer que o Colin é meu personagem favorito, pelo menos o que conheci dele até onde li, não gostei mto. Ainda fico com o Benedict.
    Bj

    ResponderExcluir
  6. Eu também sou um pouco suspeita quando começo a falar dessa mulher!
    Gente! Que livro maravilhoso. Eu amo o Colin e a Penelope foi maravilhosa.
    Eu chorei tanto quando eu terminei o livro. Uma história maravilhosa.

    ResponderExcluir
  7. Acho que vou começar a ler os livros da Julia Quinn por causa das suas resenhas, pois a cada livro dela resenhado aqui fica perceptível que a sua paixão só aumenta, a Penélope parece ser um amor de pessoa e com certeza quando eu for ler esse livro, também vou me identificar com ela.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Quantas frases marcantes, já mostra que o livro não é apenas um romance de época, mas, que tem conteúdo!
    Aline, tenho sido influenciada pela sua paixão por romances de época, a cada, tenho dito um desejo enorme de ler o gênero, prometo ler todos que você recomenda!!
    Quantas emoções para um só livro! Já quero!
    Bjs!! :D

    ResponderExcluir
  9. Cada resenha dos livros da série é um grande " chamarisco" para a gente querer devorar a série completa. Creio que dos livros que você resenhou, este foi o que mais me chamou a atenção. Amo livros cheios de emoção!!!!

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Cada resenha que leio dos livros dessa autora fico apaixonada e com desejo enorme de abandona minhas leitura atual é apenas ler os livros dela. Eu amei essa resenha, o romance super clichê e eu estou já ansiosa por ler.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  11. Que bom que você gostou tanto desse livro. A Penélope parece aquele tipo de protagonista que te conquista fácil, que você se identifica e torce pra ser feliz. Achei legal também o fato do livro não ter como você disse "aqueles autos e baixos do eterno joguinho de gato e rato", coisa que particularmente eu acho bem enjoativo. Gostei da resenha. E como disse não sei quando vou ler a série e sei que é bom ler na ordem, mas esse chamou a minha atenção mais do que alguns outros, mas acredito que aconteça isso com a maioria das séries mesmo. Nem todo mundo gosta de todos os livros "igual".

    ResponderExcluir
  12. Oii Aline ;)
    Nossa que conicidência, peguei esse livro para reler um dia desses pois é um dos meus favoritos da série! Amo o Colin e amo a Penélope, eles são meu casal 20 S2
    Adorei conhecer mais sobre a famosa e infame Lady Whistledown, e estou ansiosa para ler o livro dela que foi lançado, quero ver se consigo comprar ele na Black Friday.
    Adorei seus comentários sobre o livro, e que bom saber que se tornou o seu preferido da série *-*
    Bjos

    ResponderExcluir
  13. Oi! Confesso que é novidade para mim que os livros da julia Quinn são capazes de nos arrancar boas risadas. Acho que tu ta conseguindo me amolecer e quase me fazendo ler meu primeiro romance de época hahah Que bom que tu gostou do livro e ele se tornou o teu favorito! Beijos

    ResponderExcluir
  14. Sinceramente essa é um das séries mais perfeitas que conheço. É difícil dizer qual é a melhor història, pois todas são maravilhosas. Sou fã da Julia Quinn.

    ResponderExcluir