11 de setembro de 2017

{Resenha} O Duque e Eu - Julia Quinn


Titulo: O Duque e Eu
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Sinopse: Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo.
Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer charme. E os que tem potencial para serem bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguira afastar as jovens obcecadas por marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.
Mas a medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.


Resenha:

"Antes de conhecer você, estava vivo apenas pela metade."

Sempre ouvi inúmeros comentários positivos em relação a escrita de Julia Quinn, e depois de tanto relutar, eu decidi enfim dar uma oportunidade a serie Os Bridgertons. E o que posso dizer é que finalmente entendo o porquê de tanto amor que os fãs tem por essa família.
Em O Duque e Eu, nós seremos apresentados a Simon Basset, o duque de Hastings, que acaba de retornar à Londres após seis anos viajando pelo mundo. Apesar de ser considerado um grande libertino, o duque também e considerado o melhor partido da temporada, então é natural que ele atraia inúmeras candidatas ao posto de sua esposa. Porem Simon tem uma grande aversão por casamentos, ele não tem o menor desejo de se unir a uma mulher e constituir uma família. É quando ele acaba conhecendo Daphne Bridgerton, a irmã de seu melhor amigo.
Daphne é uma mulher espirituosa dona de uma grande personalidade, e que carrega o grande sonho de se casar e ter uma família tão grande e numerosa quanto a que seus pais tiveram. Porém, infelizmente, ela não é vista como possível esposa pelos homens, na verdade eles à enxergam mais como uma simples amiga. Mas tudo isso muda quando Simon lhe propõe cortejá-la falsamente, dizendo que assim ira conseguir se livrar das mães em busca de um bom partido para as filhas, e ao mesmo tempo atrair pretendentes para Daphne. E conforme a temporada vai passando é inevitável que os dois fiquem cada vez mais envolvidos.

"Simon afundou o rosto no pescoço dela, inalando seu perfume. ela o abraçou e ele se sentiu completo."

Durante muito tempo Julia Quinn ocupou o primeiro lugar das indicações que eu recebia, mas eu sempre encontrava uma forma de fugir de seus livros, ou algumas vezes embarcava na leitura sem um pingo de vontade, o que sempre resultava no abandono do livro. Tudo isso porque, durante um tempo, eu cismei que romances de época simplesmente não me agradavam. Então depois de inúmeras tentativas frustradas, eu enfim finalizei a leitura de O Duque e Eu, e no momento só consigo me perguntar o porquê de não ter feito isso antes.
Daphne e Simon são personagens extremamente singulares em suas personalidades, tão diferente e ao mesmo tempo tão iguais, que fica difícil imaginá-los separados. Gostei muito da forma como a Julia construiu cada um deles, Daphne e uma jovem doce, mas não bobinha, na verdade ela carrega uma certa malicia, um certo sarcasmo, que a faz inteligente e perspicaz. Enquanto em outro ponto temos Simon, um homem que já sofreu e viveu muito, que conhece muitas coisas, mas que só com Daphne poderá conhecer não só o amor, mas também o valor de uma família.
Acredito que a autora não poderia ser mais feliz na hora de criar não só seus personagens, mas também o ambiente em que sua história passa, a forma leve como tudo é narrado faz com que o leitor se deixe embalar em uma linda, envolvente e, porque não, ardilosa história de amor.

"Se eu pudesse lhe dar o mundo, voce sabe que eu daria, não sabe?"

Que Os Bridgertons são encantadores eu não posso negar, mas quem realmente roubou meu coração foi Violet, a matriarca da família, que inicialmente pode até passar a ideia de que é uma mulher fria, onde seu único desejo é casar seus 8 filhos, mas com o passar das páginas nós percebemos o quanto ela é doce e amorosa, e que por mais que seu sonho seja ver seus filhos casados e construindo suas famílias, ela jamais deixaria de prezar que cada um deles fossem, antes de mais nada feliz.
Enfim, Julia é uma autora sensacional, ela envolve o leitor em uma narrativa simples e apaixonante, nos apresentando personagens que é impossível não amar. Foi a minha primeira experiência com romances de época, e acredito que não poderia ter escolhido livro melhor, e apesar da série não ser mais novidade no mundo literário, eu me sinto completamente arrebatada e apaixonada por essa família.
Se eu recomendo a leitura? É claro, aliás eu não tenho feito outra coisa a não ser recomendar a leitura desses maravilhoso romance.

"Por favor, não vá embora. Ele foi embora. Todos foram embora. Então eu fui embora. Você tem que ficar."


12 comentários:

  1. Já li esse livro (por indicação do seu blog, aliás) e realmente é um livro muito bom, a escrita da autora possui uma linguagem clara e fácil que acaba sendo impossível largar essa série... Confesso que assim como muitos, estou apaixonada por essa família e também por outros livros do gênero.
    Muito obrigada pelas dicas de leitura maravilhosas, Aline. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Uau, um romance e tanto!
    Ainda não tive a oportunidade de me envolver na literatura de época, tô assim como você estava, nessa fase, onde acho que romance de época não é bem o meu estilo e, bem, depois de uma resenha como essa, já sei que daqui pra frente vou ler até cansar, kkkk
    De fato, acredito que me apaixonaria assim como você pelo Bridgertons, já fiquei encantada pela resenha, imagina com a leitura!!
    Bjs!!! :D

    ResponderExcluir
  3. Também ouço comentários maravilhosos sobre Julia Quinn e outros romances de época; mas estou da mesma maneira que estava: fugindo. Não vou dizer que não gosto, mas em relação a todos os outros que tenho na lista, romances de época acabam ficando em segundo plano.
    Mas gostei de conhecer um pouquinho mais sobre este livro, até então não tinha lido nenhuma resenha sobre essa série.
    Simon parece ser um personagem encantador, mesmo fugindo de um relacionamento mais sério. E Daphne me lembrou Lizzie (Orgulho e preconceito), com toda aquela personalidade.
    Quem sabe eu não entre nessa de romance de época, por enquanto só aprecio as resenhas. Ótima, por sinal.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Sabe aquela indicação qie todo mundo faz de série? Esta com certeza é uma delas!! Tenho MUITO interesse em realizar a leitura, mas devido a já ter séries paradas na estante, quero ler algumas antes de comçear a adquirir os livros. Gosto da proposta,por ser romance de época e pela personalidade dos personagens ♥

    ResponderExcluir
  5. Até perdi a noção de quantas pessoas já me recomendaram os livros da Julia Quinn, não costumo gostar de livros de romance de época, sempre acho que são mais do mesmo, um dia ainda vou tomar coragem e ler essa série que até hoje não ouvi nenhuma crítica negativa.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Nunca li nenhum romance de época e apesar de todo mundo me recomendar Julia Quinn eu ainda não senti a motivação necessária para começar. Principalmente por ser uma série e o outro um quarteto. Se bem que agora lançaram outros dela, mas enfim, mais uma coisa que me desmotiva é o livro não ser em primeira pessoa, adoro narrativas assim e dependendo da escrita em terceira pessoa me sinto muito distante dos personagens. Uma coisa que eu achei legal foi o nome da protagonista, Daphne, que é diferente e bonito. Não sei quando vou ler Julia Quinn, mas espero que quando isso acontecer eu tenha a mesma sensação que você teve, que eu goste bastante.

    ResponderExcluir
  7. Sem duvidas a capa me chamou muita a minha atenção, ela é simplesmente linda! Li a resenha, fiquei bem empolgada pra ler e saber mais sobre esta historia. E olha que eu não sou de ler romance de época, mas sinto que esse livro será um bom começo, né?
    E sempre quis começar a ler os livros desta autora, todos dizem que a escrita dela é muito boa e empolgante.
    Adorei a resenha, beijos.

    ResponderExcluir
  8. Amo essa família♡ Também amo a Violet e admiro muito a mãezona que ela é. Não é fácil cuidar da família após o falecimento do marido na época abordada no livro.
    A Daphne é muito espirituosa mesmo rsrs adoro o Simon. Apesar de não ser uns dos meus preferidos da série, eu adorei ele *-*
    Júlia rainha ♡

    ResponderExcluir
  9. Estou adorando essa série. Amo romances de época e a Julia Quinn é sensacional. Já estou quase terminando os livros. Falta os 3 últimos. Saudades define. Todos os personagens são únicos, as histórias são encantadoras e essa família é maravilhosa.

    ResponderExcluir
  10. Aahhhhh esse livro é maravilhoso, eu amo romances de época e a culpada é a Julia Quinn, eu infelizmente só li O Duque e eu, mas é porque estou esperando completar a série toda para ler um atras do outro hahahaha faltam somente 3. Não tem como não se apaixonar por esses personagens eles são encantadores, engraçados, ri muito com o livro, e a Daphne é uma moça inteligente, o Simon gente homem, complicado, mas muito amoroso. Eu amo e indico para todo mundo <3
    Beijos *-*

    P.s sua resenha me deixou com saudades e vontade de ler o primeiro livro novamente rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  11. Oi! Como sempre digo em resenhas aqui do blog sobre romances de época, não curto livros do gênero, e por isso vou deixar a dica passar. Mas confesso que tenho muita curiosidade de ler algum livro da autora um dia para conhecer sua escrita. Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Eu amo Julia Quinn, já ouvi fala muitos sobre os romances dela e também já li resenhas e cada vê mais me encanta. Estou particularmente ansiosa para inicia os livros dela.

    ResponderExcluir