4 de julho de 2017

{Resenha} Uma Mulher Livre

Título: Uma Mulher Livre
Autora: Danielle Steel
Editora: Record
Páginas: 294
Classificação: 4/5
*livro cedido em cortesia pela editora
Sinopse: Dos deslumbrantes salões de baile de Manhattan para os horrores da Primeira Guerra Mundial, Danielle Steel nos leva para um mundo fascinante de uma jovem de espírito indomável. Nascida numa vida de luxo e glamour, Annabelle Worthington carrega o sobrenome, e a nobreza, de uma das famílias mais influentes de Nova York. Até que, num dia cinzento de abril, o Titanic afunda, levando junto o seu mundo. Seus pais e irmãos mais velho estavam na viagem inaugural do majestoso navio, e apenas sua mãe sobreviveu. Para tentar confortar seu coração, Annabelle se voluntaria para trabalhar em um hospital, ajudando a cuidar dos enfermos, onde descobre sua verdadeira vocação. E, quando um homem nobre a pede em casamento, ela acredita que, enfim, voltará a ter dias felizes. Porém, novamente, o destino lhe prega uma peça, colocando-a no centro de um escândalo. Para fugir da tristeza que sua se tornou, ela vai para a Europa trabalhar no fort. da Primeira Guerra Mundial, ajudando a salvar os feridos. Na França, no auge do conflito, Annabelle consegue realizar um grande sonho: estudar medicina. O problema é que, mais uma vez, sua fé é colocada a prova, e ela precisará tentar retirar forças de uma grande tragédia se quiser renascer para uma nova vida. Com uma narrativa de tirar o fôlego e repleta de detalhes históricos, Danielle Steel nos apresenta uma de suas personagens mais fascinantes e singulares, e sua historia inspiradora de dignidade, coragem e amor pela vida.


Resenha:

Sempre fui uma grande admiradora da autora Danielle Steel, então não pude esconder minha imensa felicidade e satisfação quando recebi o livro em cortesia com a editora, tanto que no mesmo dia iniciei a leitura. E como já esperava, adorei o livro.
Annabelle é descendente de uma das famílias mais importantes de Nova York, sendo assim ela nunca pode reclamar que lhe faltava alguma coisa, seja bem material ou afeto familiar. Tudo em sua vida caminhava de forma perfeita, até que o naufrago do navio Titanic muda tudo isso.
De repente Annabelle se vê precisando ser o mais forte possível ao lado de sua mãe, mas também se vê parando sua vida por um ano para viver o período mínimo de luto imposto pela sociedade naquela época. Durante esse período ela terá que aprender a lhe dar com duvidas e medos que surgem.
Fazia certo tempo que não lia um livro com uma personagem tão forte e sofrida como Annabelle, e confesso que eu gosto bastante de personagens assim, a força e a capacidade gigantesca de se reerguer de forma espetacular diante dos problemas que a vida impõesimplesmente me encanta. Não há como negar a força que Annabelle carrega é incomum para mulheres da época, as provas que são impostas a essa personagem chegou em alguns momentos me irritar, pois parece que a moça nunca vai conseguir ser feliz, e confesso que mesmo isso seja uma característica presente em outros livros escritos pela autora, ficou bem cansativo uma desgraça em cima da outra. Toda vez que a personagem parece ter conseguido enfim encontrar a felicidade vem alguma coisa que muda tudo. Mas mesmo assim Annabelle consegue manter um encanto indiscutível e permanecer firme e lutando cada dia mais para realizar seus desejos.
O livro é narrado em terceira pessoa, e apesar de trazer um enredo tenso, a historia é conduzida de forma leve e impossível de abandonar até que a leitura seja concluída. Alem de tudo, o livro trás também alguns dados históricos da Primeira Guerra Mundial,como números de mortos e feridos em alguns dos combates.

Ao terminar esse livro eu fui invadida uma grande emoção, na verdade era uma mistura de sentimentos que nem consigo encontrar palavras para descrever. Era uma dor por tudo que a personagem passa ao decorrer de sua historia e também uma grande alegria por cada obstáculo que eu a via superar. É impossível não dizer que Annabelle termina sua historia uma mulher mais forte e experiente, e é indiscutível a quantidade de aprendizado que o livro traz.
Não posso negar que a escrita de Danielle é repleta de emoção, e isso é uma característica encontrada em todos os livros da autora, então foi comum que no decorrer da leitura essas emoções me atingissem e eu me pegasse chorando junto com os personagens.
O livro é uma montanha russa de sentimentos, e indispensável para os amantes desse gênero, mas principalmente para quem deseja sair da zona de conforto, mas vale à pena lembrar que esse livro trata de uma leitura emocionante, então esteja com os lencinhos preparados.

17 comentários:

  1. Achei esse livro muito interessante pela história, porque adoro ver umas tramas com coisas de Guerra no meio. E gostei do que vi da personagem. Ela sofre, mas parece ter uma força pra se levantar e isso é tão legal de se ver. Que mesmo com as dificuldades ela consegue lutar, consegue construir uma força pra seguir em frente e se tornar cada vez mais forte. A vida é sofrida, mas ela consegue passar por tudo de ruim sem desanimar.
    O livro parece deixar muitos sentimentos no leitor. A história é bonita pelo jeito e penso que iria adorar ler. Nunca li nada dessa autora e sempre vejo tanta coisa legal dela...com certeza esse é um que seria muito bom pra conhecer a escrita dela.

    ResponderExcluir
  2. Aaaah, pena que não li essa resenha há alguns meses... Encontrei um box com 3 livros da Danielle por 20,00R$ na Americanas, mas como não sabia nada sobre seus livros, deixei pra lá. Agora sinto uma pontinha de arrependimento. Amo livros que nos envolve e nos emociona, que nos leva para outra época... E esse parece ser maravilhoso! Já querooooo...

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li nem um livro da autora Danielle Steel, também gosto de ler livros com personagens fortes e isto e seus comentários positivos sobre o livro, contribuíram para que eu adicionasse Uma Mulher Livre em minha lista de leituras, e fiquei muito curiosa para conferir a história de Annabelle.

    ResponderExcluir
  4. Oi Aline, tudo bem?
    Sem sombra de dúvida esse é um livro maduro. Gosto quando personagens são construídos com a dosagem certa de coragem e firmeza. Apensar do sofrimento pelo qual a protagonista passa, ela se mantém firme e isso além de tornar a história agradável, serve de inspiração também. Adorei a ambientação da trama. Quero muito ler.
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  5. Oi Aline!
    Eu estou com uma vontade tremenda de ler esse livro!
    Nunca li nada da Danielle Steel, mas vejo comentários muito bons sobre ela.
    Esse livro em particular eu tenho uma vontade de ler por se passar na primeira guerra, um tema que eu nunca me canso de ler.
    A Annabelle parece ser como todas nós mulheres, tendo que se provar o tempo todo. Acho que vou sofrer com a Annabelle :( É tão lindo quando o livro emociona a gente e por isso, a vontade de ler fica cada vez maior.
    Abc

    ResponderExcluir
  6. Olá, apesar de não ter tido contato com a escrita da autora, fiquei curioso para ler a obra, que promete emocionar e nos agregar mais conhecimento acerca da tragédia do Titanic e da Primeira Guerra. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Eu nao tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro é confesso que tem uma premissa bem maravilhosa. A personagem demonstrou ter força para continua apesar de haver tantos problemas na vida e demonstrar numa desistir, realmente a autora fez uma mulher incrível e forte para aguentar toda dor possível. Seria uma leitura muito envolvente para ler.

    ResponderExcluir
  8. Eu gostei dos fatos históricos que o livro retrata, porém a protagonista não me cativou, não sei se leria por causa dela, ela parece conseguir superar todos os problemas, porém ela não me pareceu muito forte

    ResponderExcluir
  9. Oii Aline!
    Fiquei muito interessada nesse livro por abordar marcos tão fortes na história, como a tragédia do Titanic e a Primeira Guerra Mundial, pois tenho muita vontade de ler algo a mais sobre, seja ficção ou não. Acredito que mesmo sendo ficção, a autora também teve que pesquisar para abordar os temas, então além da mensagem da história, o leitor consegue entender melhor e se ambientar em como aqueles acontecimentos reais da época ocorreram. Com certeza, além do aprendizado com a personagem forte e sofrida que Annabelle é, nós podemos extrair aprendizados ainda mais profundos. Embora eu não tenha lido nenhuma obra da autora, fica evidente que em livros assim o foco da história é o drama, e só coisa ruim acontece atrás da outra para gerar mais impacto. Também me irrito com isso, quando tudo parece que está tomando um rumo diferente e vem aquele balde de água fria na nossa cara hahaha
    Ótimas leituras pra você!
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  10. Oie, devo confessar que pela sinopse eu nao pegaria esse livro para ler logo de cara, mas depois lendo a resenha eu acabei ficando curiosa para ler, pois gosto de livros assim que a gente sofrr junto com os personagens. E me interessei também não só por isso, mas pela época e os dados históricos que você disse que a história traz. Já voi colocar esse livro na minha lista de desejados. Beijos

    ResponderExcluir
  11. Tenho esse livro, ganhei de uma amiga e ele ficou parado na estante, estou enrolando para ler porque nunca tinha visto nada dele e não sabia nada sobre ele e por causa disso passava outros livros na frente, mas depois de ler essa resenha estou totalmente arrependida e assim que terminar meu livro atual vou correndo lê-lo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Olá !
    Gosto muito da escrita da Danielle e já sei que vou gostar desse livro!
    Já admiro a protagonista por ser tão forte e inabalável!!

    Já anotei esse livro na minha infitina lista de livros para ler ..


    Bjos

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Sou fã da Danielle tem muito tempo, desde a época dos romances de bancas, já li vários dela e recomendo.
    Esse, ainda não tive a oportunidade, mas como já conheço a escrita dela tenho certeza de que a emoção que tu sentiu, todos ao lerem o livro vão sentir também.
    Danielle é muito amor ❤
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  14. noooossa, Danielle Steel! Lia demais quando era adolescente!
    Ela tem um outro livro chamado Amor Sem Igual que é sobre o Titanic também, parece que ela curte o tema kkk É muito bom! É a história de uns irmãos que perderam os pais no naufragio e vai acompanhando a vida deles ao longo dos anos! Dá uma pesquisada!

    ResponderExcluir
  15. ola nunca li nada da autora mais parece ser bom vejo muitos comentaris positivos sobre a escrita dela. achei o livro bem interessante ja ta na minha lista pois amei aas tramas,pricipalmente quendo tem guerra no meio,so nao gostei pq e narrago na primeira pessoa mais de resto amei tudo ate a capa<3
    beijos

    ResponderExcluir
  16. Hey
    Não conhecia a autora nem seu livro. Mas sua resenha me fez ficar curioso pelo livro, principalmente na parte que você diz que Annabelle consegue se reerguer mesmo tendo acontecido muitos fatores negativos. Gosto de livros com esses tipos de personagens guerreiros que não se deixam desanimar. Irei adicionar esse livro na minha wishlist, porque achei ele fantástico. Além do mais sua resenha está incrível.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  17. Confesso que não li nada da Danielle Steel ainda, então realmente está fora da minha zona de conforto. Mas tem uma coisa que eu adoro são personagens fortes, que superam todos obstáculos que aparecem e se reerguem de forma nobre e honesta, sem pisar em cima de ninguém. Pelo que você falou na resenha, essa característica é predominante no livro, então não me importaria de sair da minha zona de conforto e fazer uma boa leitura, até porque sempre gostei de livros emocionantes ;) !

    ResponderExcluir